Copyright 2006-2019

 

R.E.R. - Gestão, Marketing e Sustentabilidade - Todos os direitos reservados. ATENÇÃO: Este site tem, também, o propósito de reunir pensadores, pensamentos, conheci-mentos e experiências. Caso discorde de alguma publicação neste compên-dio, gentileza enviar e-mail que iremos retirar imediatamente seu link, citação ou conteúdo.

A Rede Empresa Responsável® faz parcerias com empresas de eventos e ONGs com o propósito de eliminar o impacto ambiental causado em cada evento. Desta forma congressos, conferências, seminários, encontros, oficinas, feiras, competições esportivas e outras, realizados por órgãos do governo, empresas privadas ou entidades sem fins lucrativos passam a incorporar a gestão ambiental nas tomadas de decisão, o que inclui a compensação dos gases responsáveis pelo efeito estufa, emitidos em decorrência das ações realizadas.

Cada vez mais as ações de responsabilidade socioambiental agregam diferencial positivo às marcas que a praticam. O Plano de Gestão Ambiental em Eventos leva em conta estratégias que venham a impressionar o congressista ou comunidade participante sobre o quanto é possível combinar estilo com qualidade e baixo impacto ambiental.

A responsabilidade socioambiental traz benefícios à marca, e ao planeta.

 

 

REPENSAR, REDUZIR, REUSAR, RECICLAR

 

Primeiro Passo

 

O trabalho consiste em primeiramente avaliar todos os processos relacionados à montagem e funcionamento do evento, propondo soluções de gestão ambiental em cada procedimento operacional. Todo o estudo é realizado levando em consideração a importância de gerar boa apresentação ao evento.

O Plano de Gestão Ambiental em Eventos, de acordo com a necessidade do cliente, pode incluir (1) a sugestão de espaços com maior possibilidade de combinar boa localização, facilidade de fluxo, renome e estrutura eco-eficiente; (2) papelaria, material de divulgação e objetos operacionais de menor impacto ambiental; (3) coffee-break considerando culinária regional; (4) fluxo de procedimentos relacionados a cada processo de montagem e realização do evento.

 

MATÉRIA-PRIMA a gente faz com você

 

Segundo Passo

 

O Plano de Ações leva em conta a preferência por matéria-prima de menor impacto ambiental. Após sua aprovação, o local do evento é mapeado, recebem caixas coletoras específicas, e todos os resíduos gerados no evento, tais como plástico, papel, metal, madeira e outros são destinados corretamente, mediante acordos operacionais com ONGs e OSCIPs da região. A divulgação desta ação leva o selo da Rede Empresa Responsável®, bem como o banner matéria-prima. Leia mais

O mundo produz, por dia, o equivalente a 10 montanhas (do tamanho ao Pão-de-Açucar/Rio de Janeiro) de lixo. Todo este resíduo, por alguns considerados inservíveis, é depositado em lixões a céu aberto causando doenças, impactando a qualidade do ar, do solo, do lençol freático e das paisagens naturais. Por meio deste projeto os resíduos transformam-se em matéria-prima secundária, beneficiando comunidades carentes na produção de novos produtos.

Nos países desenvolvidos indústria, comércio varejista, empresas prestadoras de serviço e consumidores assumem a destinação correta dos resíduos que produzem, incluindo a Logística Reversa nos processos e procedimentos.

 

 

COMPENSAÇÃO DE GASES DO EFEITO ESTUFA (GEE)

 

Terceiro Passo

 

Toda a energia utilizada no momento de realização do evento, tais como o impacto do combustível automotivo, energia elétrica e água, passa a ser compensada por meio do plantio de árvores em matas ciliares, em projetos de reflorestamento. As árvores têm a função de absorverem carbono da atmosfera. Este trabalho é realizado em parceria com ONGs que têm, por natureza, a neutralização do carbono.

 

Currículo da consultora responsável: Joana d’Arc Bicalho Félix é doutora em Economia de Empresas, com foco em economia do meio ambiente; Mestre em Planejamento e Gestão Ambiental com ênfase em Marketing e Desenvolvimento Sustentável ambos pela UCB – Universidade Católica de Brasília. Graduada em Comunicação Social habilitação Publicidade e Propaganda.

 

É professora de Pós-Graduação na UnB, IESB e UniCEUB, nas áreas de Comunicação, Marketing, Gestão de empresas, Logística Reversa, Gestão Ambiental e Responsabilidade Social.

Coordena o curso de Pós-Graduação: Gestão da Comunicação nas Organizações, do UniCEUB.

 

É multiplicadora do Instituto Ethos de Responsabilidade Social advindo do prêmio de destaque região Centro-Oeste recebido em 2005.

 

Currículo detalhado clique aqui

 

 

DA PROPOSTA

 

A proposta é minimizar o uso de produtos e recursos naturais nos processos, bem como compensar os gases geradores do efeito estufa, com o plantio de árvores, tornando o evento LIMPO, ECO-EFICIENTE, e RESPEITADO pela comunidade e formadores de opinião conscientes da responsabilidade de cada agente da sociedade.

 

Produto gerado: Plano de Ações detalhado, bem como o desenvolvimento das estratégias escolhidas pela empresa realizadora do evento.

 

Prazo de realização do plano: 15 dias da data da primeira reunião. 

falecomigo.png