• Joana Bicalho

A onda dos carros inteligentes -- e o quê fazer com eles


Falar em carros elétricos ou híbridos começou a ser frequente no Brasil apenas há dois anos. A produção desses automóveis também caminha lentamente no país. No entanto, pretende virar o jogo e tomar o protagonismo no mercado nas próximas décadas.

A redução de consumo de combustíveis fósseis e de emissões de CO2 estão na lista de prioridades para um novo consumidor, o consciente. Para atingir esse público, as montadoras investem na construção dos modelos sustentáveis.

Segundo um levantamento do site de notícias G1, apenas 72 carros elétricos emplacados estão rodando pelas estradas brasileiras. Pelo mundo, são cerca de 15 mil. Mas há esperança: "Em 2021, estimo que cerca de 30% dos novos carros vendidos no Brasil serão elétricos ou híbridos”, diz, em artigo, o diretor-geral do Instituto Nacional de Eficiência Energética (Inee) e presidente do conselho diretor da ABVE, Jayme Buarque de Hollanda.

E a tendência confirma a previsão do diretor. Uma famosa empresa de tecnologia, fabricante de eletrônicos, já trabalha na produção de um carro elétrico que vai chegar ao mercado em 2020. O projeto ainda não é declarado publicamente, mas houve declarações de pessoas próximas ao site Bloomberg. O rumor, inclusive, é de que o automóvel tenha capacidade de fazer 320km com uma carga e chegue às lojas por cerca de US$ 40 mil.

Enquanto isso…

Enquanto a eletricidade nos automóveis não é tão popular nas nossas ruas e conssessionárias, há outras maneiras de deixar o carro mais sustentável. Os food trucks, por exemplo, viraram moda em São Paulo e outras capitais do Brasil. Pensando nisso, uma famosa rede de supermercados teve uma super iniciativa sobre o tema.

O objetivo do projeto é interagir com os clientes por meio de aulas gratuitas de gastronomia. O automóvel fica nos estacionamentos de algumas lojas da rede. Além disso, o carro tem uma estrutura de redução de impacto ambiental, claro. A proposta precisa ser completa. O caminhão recebeu um sistema de geração de energia solar e eólica e captação da água da chuva para reutilização.

E tem mais: funciona com biodiesel e usa o óleo de cozinha para fazer a transformação do combustível. O veículo ainda ganhou um telhado verde, que será transformado em uma horta.

A rede de supermercados usou o caminhão transformado em "mini-lanchonete" para incentivar a boa alimentação. Um chef vai ensinar três receitas saudáveis por dia a clientes do programa de fidelidade das lojas. Eles ainda podem degustar o prato após a aula. As receitas já estão disponíveis no site www.conquistesuavida.com.br.

Junto e misturado

Só faltou ser um food truck com motor elétrico, né?! Ansiosos, esperamos por isso.

Fonte:

Revista Pense Carros

Ciclo Vivo

Planeta Sustentável

#açãoresponsável #empresasemeioambiente #tecnologia #carroselétricos #foodtrucks

32 visualizações
Folhas tropicais

REDE

EMPRESA

RESPONSÁVEL

  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

Copyright 2006-2020

 

R.E.R. - Gestão, Marketing e Sustentabilidade - Todos os direitos reservados.

 

ATENÇÃO: Este site tem, também, o propósito de reunir pensadores, pensamentos, conheci-mentos e experiências. Caso discorde de alguma publicação neste compêndio, gentileza enviar e-mail que iremos retirar imediatamente seu link, citação ou conteúdo.

Site desenvolvido orgulhosamente por WUUM.